45ªCIPM – apreende farto material e prende traficante em Curaçá, após batida em boca de fumo.

A aproximadamente 22h, do dia 29.06.17, a Guarnição do 2Pel/45ªCIPM-Riacho Seco, após denúncia via Zap, realizou a prisão em flagrante do acusado, que muito embora não estivesse de posse de qualquer documento, se apresentou como Guilherme Dias Lopes Filho, natural de Riacho Seco.
A prisão se deu no interior de sua propriedade no Jatobá, distrito de Riacho Seco, Curaçá, ocasião em que, com ele foram apreendidas 14 (quatorze) troxas de cocaína que após exame, revelou possuir elevado grau de pureza.
A entrega de todo material e acusado, se deu na delegacia em Juazeiro.
O Cmd da 45ªCIPM,  ressalta a importância da participação da comunidade no fornecimento de informações, através da ferramenta Zap que garante todo sigilo e preservação da fonte, onde podem ser denunciados localização de fugitivos, arma de fogo, drogas, criminosos com mandado em aberto, dentre outros. 
PM e comunidade na Corrente do Bem.

Último dia para inscrição no Prêmio Petrobras de Jornalismo

Terminou ontem (29) o prazo para inscrições na quarta edição do Prêmio Petrobras de Jornalismo. As inscrições devem ser feitas pelo site www.premiopetrobras.com.br. Podem concorrer reportagens veiculadas entre 10 de julho de 2015 e 10 de janeiro de 2017. Nesta reta final é ainda mais importante que os campos da ficha de inscrição sejam preenchidos corretamente e que sejam anexados todos os documentos solicitados. A quarta edição do Prêmio Petrobras de Jornalismo vai conceder prêmios individuais que variam entre R$ 10 mil* e R$ 40 mil*, em 13 diferentes categorias.

Os trabalhos serão avaliados em duas etapas. Na primeira, uma Comissão de Pré-Seleção, composta por oito jornalistas com experiência comprovada, avaliará as reportagens recebidas. As 10 melhores de cada categoria seguirão para a próxima etapa, e serão julgadas por uma comissão composta por seis profissionais renomados da imprensa, com vasta experiência jornalística.

Os três finalistas de cada categoria temática e regional terão seus nomes divulgados em setembro de 2017. Os vencedores serão conhecidos na cerimônia de entrega dos troféus, que será realizada no segundo semestre de 2017, no Rio de Janeiro.

PRÊMIOS:

– GRANDE PRÊMIO PETROBRAS DE JORNALISMO: para a melhor reportagem, entre todas as inscritas – R$ 40 mil*.

– CATEGORIA ESPECIAL – INOVAÇÃO: para o trabalho que se destacar pelo ineditismo de formato, pela técnica empregada, pela abordagem, pelo meio ou pela linguagem. Todas as matérias inscritas concorrem nesta categoria – R$ 25 mil*.

– ECONOMIA: reportagens de jornal/revista, emissoras de rádio e portais de notícias da internet que falem sobre a conjuntura econômica do Brasil – R$ 20 mil*.

– CIÊNCIA E TECNOLOGIA: reportagens de jornal/revista, emissoras de rádio e portais de notícias da internet que falem sobre ciência, tecnologia e inovação – R$ 20 mil*.

– SUSTENTABILIDADE: reportagens de jornal/revista, emissoras de rádio e portais de notícias da internet que falem sobre meio ambiente e temas sociais – R$ 20 mil*.

– CULTURA: reportagens de jornal/revista, emissoras de rádio e portais de notícias da internet que abordem manifestações culturais e artísticas do país – R$ 20 mil*.

– ESPORTE: reportagens de jornal/revista, emissoras de rádio e portais de notícias da internet que falem sobre atividades esportivas profissionais ou amadoras, individuais ou coletivas – R$ 20 mil*.

– TELEJORNALISMO: reportagens de emissoras de televisão sobre qualquer um dos temas acima relacionados – R$ 20 mil*.

– FOTOJORNALISMO: coberturas fotográficas sobre qualquer um dos temas acima relacionados que, sozinhas ou como parte integrante das reportagens, foram capazes de transmitir o impacto de cenas do dia a dia ou de acontecimentos marcantes, cumprindo o papel disseminador da informação – R$ 20 mil*.

– REGIONAL NORTE/ CENTRO-OESTE: matérias de veículos com sede em Goiás, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rondônia, Acre, Amazonas, Roraima, Amapá, Pará, Tocantins, e Distrito Federal – R$ 10 mil*.

– REGIONAL NORDESTE: matérias de veículos com sede na Bahia, Sergipe, Alagoas, Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí e Maranhão – R$ 10 mil*.

– REGIONAL RJ-MG-ES: matérias de veículos com sede no Rio de Janeiro, Minas Gerais, Espírito Santo – R$ 10 mil*.

– REGIONAL SP-SUL: matérias de veículos com sede em São Paulo, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul – R$ 10 mil*.

*Valores brutos

Gerência de Comunicação Interna e Imprensa / Comunicação e Marcas
Telefone: 55 (21) 3224-1306 e 3224-2312
Plantão: 55 (21) 99921-1048 e 99985-9623
imprensa@petrobras.com.br

Prefeito cumpre promessa de campanha e encaminha projeto de concurso público

“Nenhuma dificuldade é maior que  a do prefeito que ouve pedidos de emprego” –  comentou o Prefeito Wilker Torres na manhã desta quarta-feira (28/06), após o encerramento da votação do projeto que havia enviado à Câmara determinando a abertura de concurso público abrindo 411 vagas no quadro de servidores municipais, com uma despesa inicial, só de salários, de quase quinhentos mil reais; e completou: “Fiz um compromisso com o povo de Casa Nova: oferecer oportunidades iguais para todos e profissionalizar a prefeitura; criar condições de atração de novos investimentos e um ambiente favorável aos empreendedores, valorizar o pequeno produtor, facilitar o acesso e o transporte de nossos produtos, valorizar o turismo, a cultura e as tradições, tudo isso gera emprego e renda. Esse concurso é parte importante desse compromisso. Continuamos na batalha para alcançar todos esses objetivos”.

“A prefeitura não pode continuar sendo a grande empregadora. Nosso dever é criar condições de desenvolvimento e tudo o que fizemos desde o primeiro dia de mandato é nesse sentido: criar condições de empreendimento e capacitar os casanovenses” – Diz Wilker.

O projeto de lei aprovado nesta manhã aponta inclusive para a criação de novos serviços municipais, voltados para a segurança do casanovense: a criação da Guarda Municipal e a municipalização do transporte urbano.

“Contei com a inestimável contribuição e entendimento dos vereadores de Casa Nova. Quero publicamente agradecer a cada um” – completou o prefeito ao receber oficialmente das mãos do Presidente da Câmara, Vereador Paulo César, o projeto aprovado.

Vereadores e prefeito comemoram aprovação concurso

Manoel Leão – ASCOM PMCN

Casa Nova: Prefeitura rebate críticas ao projeto de lei do concurso

A prefeitura de Casa Nova, em nota assinada pelo Secretário de Governo, Carlos Alves Costa (Carlos do Tigre), rebateu as críticas sobre os diversos salários colocados no anexo do projeto de lei que autoriza a realização de concurso público.

Para a prefeitura “uns poucos, que não querem se juntar à grande aliança”, criticam indevidamente por não querer entender que “os valores fazem referência à 20 horas para professor e 40 horas para as outras qualificações”.

Ainda na nota uma crítica aos que não perceberam que as eleições passaram e os palanques foram desarmados. Na nota a prefeitura deixa claro que “uns poucos”, “fizeram um estardalhaço pensando que o Povo de Casa Nova não entende quais objetivos eles perseguem. O povo entende tanto que já deu a resposta em outubro de 2016, nas urnas. ”

Abaixo a íntegra da nota:

Nota da Prefeitura de Casa Nova – Projeto Concurso

 

No início da semana (26/06), enviamos, com pedido de urgência, para apreciação e votação na Câmara de Vereadores um projeto de lei solicitando autorização para a realização de concurso público nas mais diversas áreas do funcionalismo municipal, que o prefeito ainda não sancionou.

Contemplamos a Educação, a Saúde e a Segurança. Queremos e vamos profissionalizar os serviços públicos oferecidos à população de Casa Nova e vamos exigir de nossos colaboradores o máximo de empenho para que estes serviços sejam cada vez melhores e no tamanho da demanda da população.

Ao mesmo tempo que a população de Casa Nova demonstra entender nossos propósitos; uns poucos, que não querem se juntar à grande aliança que promove a mudança, nos criticam por imaginária desvalorização do professor.

Não entendem ou não querem entender que os valores fazem referência à 20 horas para professor e 40 horas para as outras qualificações. Disso fizeram um estardalhaço, pensando que o Povo de Casa Nova não entende quais objetivos eles perseguem. O povo entende tanto que já deu a resposta em outubro de 2016, nas urnas.

Casa Nova, 29 de Junho de 2017

Carlos Alves Costa (Carlos do Tigre)

Secretário de Governo Prefeitura Municipal de Casa Nova

Governo da Mudança 

Casa Nova (BA): Desvalorização da educação, pedreiro, encanador e pintor ganham mais que um professor

concurso-casa-nova (2).jpeg
A Câmara Municipal de Casa Nova aprovou nesta quarta-feira (28/06), Projeto de Lei, oriundo do Executivo, que autoriza a realização de concurso público com 411 vagas, naquele município. Mas, um fato extremamente negativo chama a atenção, na tabela de cargos e salários, a categoria de professor terá um salário menor do que outros trabalhadores que necessitam de menor especialização como pedreiro, encanador e pintor.
Isso está deixando os professores de Casa Nova e região revoltados. Para se ter uma ideia da desvalorização e do descaso com a educação em Casa Nova, o salário do professor, conforme o projeto do concurso é de R$ 1.149,40, enquanto o salário para pedreiro, encanador e pintor é de R$ 1.200,00. Nada contra todas estas profissões, que devem sim ser bem remuneradas por usa importância, contudo, o professor é o profissional que forma todos os demais e deveria ter uma remuneração bem maior.
Comparando com outros cargos como: agente de endemias R$ 1.216,80; agente de trânsito R$ 1.243,00; guarda municipal R$ 1.600,00 e fiscal de obras e postura R$ 1.600,00, a desvalorização da classe dos professores é ainda maior.

Uma vergonha para o município de Casa Nova, mas que retrata uma realidade muito triste para a educação em nosso país.

blog ramos filho

Deputado Roberto Carlos alinha diretrizes com o governador Rui Costa e líderes de Blocos Parlamentares

O deputado Roberto Carlos (PDT), líder do Bloco Parlamentar composto pelos partidos Democrático Trabalhista – PDT, o Partido Comunista do Brasil – PC do B e o Partido Republicano Trabalhista -PRP, participou, nesta quarta-feira (28), com o governador Rui Costa, com o ex-governador Jaques Wagner e com os líderes dos blocos parlamentares, da Assembleia Legislativa da Bahia, de um café da manhã com o objetivo de estreitar a relação entre os poderes Legislativo e Executivo.

Segundo o parlamentar, esta iniciativa é de suma importância para garantir um alinhamento entre os poderes, resultando em a mais benefícios para a nossa Bahia. “O Executivo e o Legislativo precisam trabalhar em sintonia para conquistar a excelência. O Governo de nenhum Estado pode trabalhar só. O Legislativo precisa ser ouvido e, também, o reverso. Tenho certeza de que essa aproximação vai garantir ainda mais sucesso na hora de destinarmos as obras para a nossa Bahia”, disse o deputado Roberto Carlos.

Ascom/Dep.Roberto Carlos

​45ªCIPM – elucida a identidade de assaltante de loja em Uauá com ajuda da Polícia Civil

O Criminoso era procurado, e foi identificado com ajuda da Polícia Civiel em Uauá
A identidade do assaltante de uma loja em Uauá no período de festas juninas foi elucidada com apoio da Polícia Civil de Uauá, na data de hoje (28).
Segundo informações, o elemento preso pela Guarnição do 4ºpel/45ªCIPM-Uauá, na madrugada do dia 23,  em Uauá, é acusado de ser um dos autores de arrombamento a loja comercial, inicialmente apresentado como Silvestre Cardoso de Souza, na verdade chama-se SILVESTRE SOUZA DE JESUS, fugitivo do sistema penitenciário de São Paulo, onde foram identificados 03 mandados de prisão expedidos em seu desfavor pelos crimes de roubo qualificado e inúmeros furtos.
Foi identificado ainda que na comarca de Jaguarari-Ba, também havia um quarto mandado de prisão expedido contra SILVESTRE, dessa vez pelos crimes de estupro e furto de estabelecimento comercial. 
Com o cumprimento dos 04 (quatro) mandados, foram informadas as respectivas varas criminais responsáveis pela expedição.

Guarda Municipal de Uauá – BA garante festividades de São João com segurança e tranquilidade

A Guarda Civil Municipal de Uauá, realizou  entre os dias 21 a 24 do mês de Junho os trabalhos de segurança pelas ruas do circuito tradicional festa de São João, Praça São João Batista e também externo, pelos setores patrimoniais e garantindo a segurança e fluxo ameno do trânsito, organizando e desobstruindo ruas e outros locais na cidade.
A Guarda Civil Municipal de Uauá que recebeu no dia 22 de  maio, uma viatura nova e, recentemente, .quinta-feira, 15 de junho, um fardamento, onde pela primeira vez os uniformes foram entregues completo, aos integrantes da Guarda Civil Municipal de Uauá recebendo das mãos do Prefeito Lindomar Dantas, fardamento completo(chamado “kit GCM”) composto por: calça tática, gandola, camiseta, cinto, boné e coturno. Este último, nunca foi fornecido por nenhuma gestão na história de uauá.
A GCM teve também, no circuito da festa, um Stand da Guarda Civil, ao lado da Concha Acústica, proporcionando assim, conforto aos Guardas agrupados com todo procedimento de segurança.
De acordo com o sub – comandante da GCM, Francisco Filho, no dia 22 de Junho, dia do vaqueiro, foram colocados 03 Guarnições para auxiliar na organização do transito, garantindo a flexibilidade do trânsito evitando transtorno de carros e motos naquele dia, fato que entrou na história de maneira positiva, por tamanho empenho e esforços no sentido de não atrapalhar a Missa do vaqueiro, na saída da cidade.
A GCM deu exemplo de como se trabalha em prol da comunidade durante esses dias de festa trabalhando 24 horas por dia em diversos setores e também no circuito da festa.
A Guarda Civil Municipal a exemplo das Polícias Militar e Civil, deu sua parcela de contribuição, trabalhando na orientação do trânsito, fazendo a segurança na Concha Acústica e circuito da festa, além de ter trabalhado na segurança durante a Missa dos Vaqueiros, procissão de São João Batista, dia do motorista, apresentações de quadrilhas, organização de veículos dentro e fora do circuito do evento e outros serviços realizados pelos Guardas nestas festividades.
Screenshot_3

Nova técnica do MPT aponta inconstitucionalidades da reforma trabalhista

Proposta prevê várias violações à Constituição, que vão desde a terceirização ampla e irrestrita a restrições do acesso à justiça do trabalho
Brasília – O procurador-geral do Trabalho, Ronaldo Fleury, divulgou uma nova nota técnica (nº 8) nesta pedindo a rejeição parcial do projeto da reforma trabalhista (PLC 38/2017), em tramitação no Senado. A nota técnica destaca as inconstitucionalidades do projeto como: desvirtuamento do regime de emprego; terceirização ampla e irrestrita; flexibilização da jornada de trabalho com limites superiores aos atuais; violação de direito fundamental ao salário mínimo, à remuneração pelo trabalho e a salário equitativo; prevalência do negociado sobre o legislado para reduzir proteção social do trabalhador; fragilização do direito à representação de trabalhadores por local de trabalho; restrições do acesso à justiça do trabalho; afronta à autonomia funcional do poder judiciário trabalhista, entre outras violações.
Essas inconstitucionalidades estão sendo apresentadas pelo procurador-geral do Trabalho nesta terça-feira (27) em audiência pública, na Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado. Na quarta-feira (28), a CCJ agendou a votação do relatório do senador Romero Jucá (PMDB-RR) sobre a reforma trabalhista. O projeto já passou por dois colegiados na Casa. A Comissão de Assuntos Econômicos (CAE) deu parecer favorável ao texto, com a aprovação do relatório do senador Ricardo Ferraço (PMDB-ES), enquanto a Comissão de Assuntos Sociais (CAS) decidiu pela rejeição do relatório de Ferraço e pela aprovação de voto em separado do senador Paulo Paim, contrário ao projeto. A palavra final sobre a reforma trabalhista será do Plenário. Se o texto for aprovado como veio da Câmara, segue para sanção do presidente da República. Se houver mudanças, a matéria volta para análise dos deputados.
Leia íntegra da nota
Assessoria de Imprensa
Procuradoria-Geral do Trabalho (PGT)