Macumba em Campo Formoso – 25/03/2010

O fato aconteceu no Povoado de Brejo do Tamanduá, aproximadamente a 8km da sede de Campo Formoso, quando o Sr. RAULINO DE JESUS, chegou no cemitério para fazer limpeza, encontrou algo que chamou a sua atenção. Uma nova cova ali se encontrava com muitas velas pretas. Reuniu algumas pessoas da localidade e perguntou se alguém tinha morrido, mas ninguém tinha conhecimento. Decidiram então abrir a cova, a cerca de 15cm da superfície já dava para vê um pequeno caixão branco acorrentado e lacrado com cadeado, e com algumas velas pretas em cima. Inicialmente pensaram uma criança e decidiram abrir-lo quando se surpreenderam com um porco com a cabeça cortada. Dentro do caixão tinha outros objetos como: velas pretas e vermelhas, um coração cravado com muitas facas e garfos, sapo, uma garrafa de pitú e muitas pimentas dentro do coração, tinha também 20 moedas de R$ 0,10 (dez centavos).
Muitos curiosos foram até o local, mas até o momento não se sabe quem praticou esse ato que foi definido pelos moradores como atos de macumba e bruxaria.
Assista o vídeo, Clique

Macumba em Campo Formoso – 25/03/2010

O fato aconteceu no Povoado de Brejo do Tamanduá, aproximadamente a 8km da sede de Campo Formoso, quando o Sr. RAULINO DE JESUS, chegou no cemitério para fazer limpeza, encontrou algo que chamou a sua atenção. Uma nova cova ali se encontrava com muitas velas pretas. Reuniu algumas pessoas da localidade e perguntou se alguém tinha morrido, mas ninguém tinha conhecimento. Decidiram então abrir a cova, a cerca de 15cm da superfície já dava para vê um pequeno caixão branco acorrentado e lacrado com cadeado, e com algumas velas pretas em cima. Inicialmente pensaram uma criança e decidiram abrir-lo quando se surpreenderam com um porco com a cabeça cortada. Dentro do caixão tinha outros objetos como: velas pretas e vermelhas, um coração cravado com muitas facas e garfos, sapo, uma garrafa de pitú e muitas pimentas dentro do coração, tinha também 20 moedas de R$ 0,10 (dez centavos).
Muitos curiosos foram até o local, mas até o momento não se sabe quem praticou esse ato que foi definido pelos moradores como atos de macumba e bruxaria.
Assista o vídeo, Clique

Macumba em Campo Formoso – 25/03/2010

O fato aconteceu no Povoado de Brejo do Tamanduá, aproximadamente a 8km da sede de Campo Formoso, quando o Sr. RAULINO DE JESUS, chegou no cemitério para fazer limpeza, encontrou algo que chamou a sua atenção. Uma nova cova ali se encontrava com muitas velas pretas. Reuniu algumas pessoas da localidade e perguntou se alguém tinha morrido, mas ninguém tinha conhecimento. Decidiram então abrir a cova, a cerca de 15cm da superfície já dava para vê um pequeno caixão branco acorrentado e lacrado com cadeado, e com algumas velas pretas em cima. Inicialmente pensaram uma criança e decidiram abrir-lo quando se surpreenderam com um porco com a cabeça cortada. Dentro do caixão tinha outros objetos como: velas pretas e vermelhas, um coração cravado com muitas facas e garfos, sapo, uma garrafa de pitú e muitas pimentas dentro do coração, tinha também 20 moedas de R$ 0,10 (dez centavos).
Muitos curiosos foram até o local, mas até o momento não se sabe quem praticou esse ato que foi definido pelos moradores como atos de macumba e bruxaria.
Assista o vídeo, Clique

Dourado é o grande vencedor do BBB 10


O gaúcho Dourado, de 37 anos, é o grande vencedor do Big Brother Brasil 10, com 60% dos votos. O lutador, que já havia participado da quarta edição do reality show, leva para casa o prêmio de R$ 1,5 milhão. Antes de chegar à final do BBB 10, Dourado passou por cinco Paredões, sendo o último deles contra um de seus principais adversários no jogo, o maquiador Dicesar. Na final, Dourado venceu Fernanda e Cadu, que ficaram em segundo e terceiro colocados, respectivamente. Relembre a trajetória de Dourado Dourado também havia participado do BBB 4 e retornou à casa mais vigiada do Brasil pelas mãos de Joseane, outra ex-participante do programa escalada para o BBB 10, que tinha que escolher entre o lutador e o ex-BBB Rafael. Ainda na primeira semana de confinamento, Joseane também agraciou Dourado com o colar no Anjo, o que valeu à sister a ida ao primeiro Paredão e sua eliminação do jogo.
Presenteado pelo público com o Poder Supremo, que lhe garantia o direito de mudar a decisão do líder, do Anjo, da casa ou do Big Fone, Dourado trocou de lugar com Eliéser e escapou do Paredão que resultou na eliminação de Alex.
O lutador também cumpriu um Castigo do Monstro ao lado de Angélica, pulando amarelinha vestido de criança. Dias depois, ganhou a Prova do Anjo e venceu nova votação popular, que desta vez lhe valeu um carro zero quilômetro.Algumas polêmicas marcaram a estadia de Dourado na casa mais vigiada do Brasil. Com Dicesar, ele viveu uma relação conturbada, repleta de aproximações e desentendimentos. Certa vez, em conversa com Eliane, o maquiador chamou Dourado de ‘homofóbico’. Com outro homossexual da casa, Sérgio, Dourado se estranhou e se disse incomodado com papos do estudante sobre sexualidade na mesa de jantar. Sérgio declarou que Dourado ofendeu a sexualidade dele, mas os dois se entenderam pouco tempo depois.Já com Angélica, as relações foram rompidas. Após insinuar para Dourado que ele teria “dois pesos e duas medidas” e contar sobre o papo para alguns brothers, a sister se tornou desafeto do gaúcho, que afirmou não querer mais olhar na cara dela. O sentimento, pelo menos, foi recíproco. “Pra mim você não está nem mais na casa”, Angélica disse a Dourado.Com Anamara, a briga aconteceu após ele receber o voto dela no confessionário, numa semana em que baiana comentou que ele não era sua opção. Dourado chamou a sister de “cínica” e “hipócrita” e a ouviu dizer que votaria nele até o final do programa.A última semana de Dourado na casa mais vigiada do Brasil foi intensa. Na terça-feira passada, após a eliminação de Anamara, houve novo desentendimento com Dicesar. “O Brasil vai fazer você calar a boca”, o maquiador disse, bastante alterado, enquanto Dourado vibrava com a permanência de Lia. O lutador devolveu a provocação, chamando Dicesar de “puxa-saco e mentiroso”. No dia seguinte, o gaúcho foi conhecer uma fábrica de chocolates. Na sexta-feira, em brincadeira realizada dentro da casa, Dourado ganhou um refrigerador, uma TV, um celular e um cartão-presente no valor de R$ 5 mil.fonte: http://bbb.globo.com/BBB10/Noticias/0,,MUL1551707-17402,00-DOURADO+E+O+GRANDE+VENCEDOR+DO+BBB.htmlglobo

Dourado é o grande vencedor do BBB 10


O gaúcho Dourado, de 37 anos, é o grande vencedor do Big Brother Brasil 10, com 60% dos votos. O lutador, que já havia participado da quarta edição do reality show, leva para casa o prêmio de R$ 1,5 milhão. Antes de chegar à final do BBB 10, Dourado passou por cinco Paredões, sendo o último deles contra um de seus principais adversários no jogo, o maquiador Dicesar. Na final, Dourado venceu Fernanda e Cadu, que ficaram em segundo e terceiro colocados, respectivamente. Relembre a trajetória de Dourado Dourado também havia participado do BBB 4 e retornou à casa mais vigiada do Brasil pelas mãos de Joseane, outra ex-participante do programa escalada para o BBB 10, que tinha que escolher entre o lutador e o ex-BBB Rafael. Ainda na primeira semana de confinamento, Joseane também agraciou Dourado com o colar no Anjo, o que valeu à sister a ida ao primeiro Paredão e sua eliminação do jogo.
Presenteado pelo público com o Poder Supremo, que lhe garantia o direito de mudar a decisão do líder, do Anjo, da casa ou do Big Fone, Dourado trocou de lugar com Eliéser e escapou do Paredão que resultou na eliminação de Alex.
O lutador também cumpriu um Castigo do Monstro ao lado de Angélica, pulando amarelinha vestido de criança. Dias depois, ganhou a Prova do Anjo e venceu nova votação popular, que desta vez lhe valeu um carro zero quilômetro.Algumas polêmicas marcaram a estadia de Dourado na casa mais vigiada do Brasil. Com Dicesar, ele viveu uma relação conturbada, repleta de aproximações e desentendimentos. Certa vez, em conversa com Eliane, o maquiador chamou Dourado de ‘homofóbico’. Com outro homossexual da casa, Sérgio, Dourado se estranhou e se disse incomodado com papos do estudante sobre sexualidade na mesa de jantar. Sérgio declarou que Dourado ofendeu a sexualidade dele, mas os dois se entenderam pouco tempo depois.Já com Angélica, as relações foram rompidas. Após insinuar para Dourado que ele teria “dois pesos e duas medidas” e contar sobre o papo para alguns brothers, a sister se tornou desafeto do gaúcho, que afirmou não querer mais olhar na cara dela. O sentimento, pelo menos, foi recíproco. “Pra mim você não está nem mais na casa”, Angélica disse a Dourado.Com Anamara, a briga aconteceu após ele receber o voto dela no confessionário, numa semana em que baiana comentou que ele não era sua opção. Dourado chamou a sister de “cínica” e “hipócrita” e a ouviu dizer que votaria nele até o final do programa.A última semana de Dourado na casa mais vigiada do Brasil foi intensa. Na terça-feira passada, após a eliminação de Anamara, houve novo desentendimento com Dicesar. “O Brasil vai fazer você calar a boca”, o maquiador disse, bastante alterado, enquanto Dourado vibrava com a permanência de Lia. O lutador devolveu a provocação, chamando Dicesar de “puxa-saco e mentiroso”. No dia seguinte, o gaúcho foi conhecer uma fábrica de chocolates. Na sexta-feira, em brincadeira realizada dentro da casa, Dourado ganhou um refrigerador, uma TV, um celular e um cartão-presente no valor de R$ 5 mil.fonte: http://bbb.globo.com/BBB10/Noticias/0,,MUL1551707-17402,00-DOURADO+E+O+GRANDE+VENCEDOR+DO+BBB.htmlglobo

Dourado é o grande vencedor do BBB 10


O gaúcho Dourado, de 37 anos, é o grande vencedor do Big Brother Brasil 10, com 60% dos votos. O lutador, que já havia participado da quarta edição do reality show, leva para casa o prêmio de R$ 1,5 milhão. Antes de chegar à final do BBB 10, Dourado passou por cinco Paredões, sendo o último deles contra um de seus principais adversários no jogo, o maquiador Dicesar. Na final, Dourado venceu Fernanda e Cadu, que ficaram em segundo e terceiro colocados, respectivamente. Relembre a trajetória de Dourado Dourado também havia participado do BBB 4 e retornou à casa mais vigiada do Brasil pelas mãos de Joseane, outra ex-participante do programa escalada para o BBB 10, que tinha que escolher entre o lutador e o ex-BBB Rafael. Ainda na primeira semana de confinamento, Joseane também agraciou Dourado com o colar no Anjo, o que valeu à sister a ida ao primeiro Paredão e sua eliminação do jogo.
Presenteado pelo público com o Poder Supremo, que lhe garantia o direito de mudar a decisão do líder, do Anjo, da casa ou do Big Fone, Dourado trocou de lugar com Eliéser e escapou do Paredão que resultou na eliminação de Alex.
O lutador também cumpriu um Castigo do Monstro ao lado de Angélica, pulando amarelinha vestido de criança. Dias depois, ganhou a Prova do Anjo e venceu nova votação popular, que desta vez lhe valeu um carro zero quilômetro.Algumas polêmicas marcaram a estadia de Dourado na casa mais vigiada do Brasil. Com Dicesar, ele viveu uma relação conturbada, repleta de aproximações e desentendimentos. Certa vez, em conversa com Eliane, o maquiador chamou Dourado de ‘homofóbico’. Com outro homossexual da casa, Sérgio, Dourado se estranhou e se disse incomodado com papos do estudante sobre sexualidade na mesa de jantar. Sérgio declarou que Dourado ofendeu a sexualidade dele, mas os dois se entenderam pouco tempo depois.Já com Angélica, as relações foram rompidas. Após insinuar para Dourado que ele teria “dois pesos e duas medidas” e contar sobre o papo para alguns brothers, a sister se tornou desafeto do gaúcho, que afirmou não querer mais olhar na cara dela. O sentimento, pelo menos, foi recíproco. “Pra mim você não está nem mais na casa”, Angélica disse a Dourado.Com Anamara, a briga aconteceu após ele receber o voto dela no confessionário, numa semana em que baiana comentou que ele não era sua opção. Dourado chamou a sister de “cínica” e “hipócrita” e a ouviu dizer que votaria nele até o final do programa.A última semana de Dourado na casa mais vigiada do Brasil foi intensa. Na terça-feira passada, após a eliminação de Anamara, houve novo desentendimento com Dicesar. “O Brasil vai fazer você calar a boca”, o maquiador disse, bastante alterado, enquanto Dourado vibrava com a permanência de Lia. O lutador devolveu a provocação, chamando Dicesar de “puxa-saco e mentiroso”. No dia seguinte, o gaúcho foi conhecer uma fábrica de chocolates. Na sexta-feira, em brincadeira realizada dentro da casa, Dourado ganhou um refrigerador, uma TV, um celular e um cartão-presente no valor de R$ 5 mil.fonte: http://bbb.globo.com/BBB10/Noticias/0,,MUL1551707-17402,00-DOURADO+E+O+GRANDE+VENCEDOR+DO+BBB.htmlglobo

Fusão cria a segunda maior rede varejista do Brasil

Para enfrentar o gigante dos móveis e eletrodomésticos, duas redes do setor anunciaram que agora são uma empresa só, que pretende chegar a mil lojas e dobrar o faturamento.
A união das empresas foi inspirada em um aprendizado antigo.

“Eu aprendi também como enfrentava concorrência porque quando comecei a vender mexerica apareceu um concorrente de mexerica que queria cobrir minhas oferta, e aí eu cobri as ofertas dele”, conta o presidente da Ricardo Eletro, Ricardo Nunes.

Da mexerica para os eletrodomésticos, a concorrência só aumentou. A Ricardo Eletro hoje marca presença no sudeste e centro-oeste do Brasil. Já a Insinuante concentra no nordeste 97% das operações da empresa.

A união entre as duas dá origem a um grupo com 528 lojas, que fatura R$ 4 bilhões e vai comandar 8% do mercado de móveis, eletrodomésticos e eletrônicos.

Só fica atrás do grupo que juntou Casas Bahia, Ponto Frio e Extra-Eletro, que tem mais de mil lojas, faturamento de R$ 18 bilhões e 20% do mercado.

A união de empresas como a que foi anunciada nesta segunda-feira (29) deve melhorar a distribuição de produtos e aumentar o poder de barganha com os fabricantes. Quem ganha com isso é o consumidor, que poderá encontrar boas condições financeiras e preços melhores.

Os economistas só fazem uma ressalva. É preciso haver mais de um grupo forte no mesmo setor para que os efeitos sejam benéficos.

“O consumidor só ganha com fusões, quando a concorrência existe, e ela é forte. É uma tendência mundial que o varejo tenha alta concentração entre poucos nomes e com alta rivalidade entre eles”, afirma o especialista em fusões da FGV, Frederico Turolla.

“É uma sequência natural no crescimento e na evolução de empresas de varejo em mercados grandes como o brasileiro”, diz o coordenador do Programa de Administração de Varejo, Nuno Fouto.
fonte: Globo

Fusão cria a segunda maior rede varejista do Brasil

Para enfrentar o gigante dos móveis e eletrodomésticos, duas redes do setor anunciaram que agora são uma empresa só, que pretende chegar a mil lojas e dobrar o faturamento.
A união das empresas foi inspirada em um aprendizado antigo.

“Eu aprendi também como enfrentava concorrência porque quando comecei a vender mexerica apareceu um concorrente de mexerica que queria cobrir minhas oferta, e aí eu cobri as ofertas dele”, conta o presidente da Ricardo Eletro, Ricardo Nunes.

Da mexerica para os eletrodomésticos, a concorrência só aumentou. A Ricardo Eletro hoje marca presença no sudeste e centro-oeste do Brasil. Já a Insinuante concentra no nordeste 97% das operações da empresa.

A união entre as duas dá origem a um grupo com 528 lojas, que fatura R$ 4 bilhões e vai comandar 8% do mercado de móveis, eletrodomésticos e eletrônicos.

Só fica atrás do grupo que juntou Casas Bahia, Ponto Frio e Extra-Eletro, que tem mais de mil lojas, faturamento de R$ 18 bilhões e 20% do mercado.

A união de empresas como a que foi anunciada nesta segunda-feira (29) deve melhorar a distribuição de produtos e aumentar o poder de barganha com os fabricantes. Quem ganha com isso é o consumidor, que poderá encontrar boas condições financeiras e preços melhores.

Os economistas só fazem uma ressalva. É preciso haver mais de um grupo forte no mesmo setor para que os efeitos sejam benéficos.

“O consumidor só ganha com fusões, quando a concorrência existe, e ela é forte. É uma tendência mundial que o varejo tenha alta concentração entre poucos nomes e com alta rivalidade entre eles”, afirma o especialista em fusões da FGV, Frederico Turolla.

“É uma sequência natural no crescimento e na evolução de empresas de varejo em mercados grandes como o brasileiro”, diz o coordenador do Programa de Administração de Varejo, Nuno Fouto.
fonte: Globo

Aula de trânsito noturna começa a valer em maio


Quem for tirar a carteira de habilitação pela primeira vez vai ser obrigado, a partir de maio, a aprender a dirigir também a noite.
As autoescolas ainda esperam a definição sobre o aumento ou não da carga horária e dos custos para os alunos.

Para quem já sabe é tranquilo, mas para quem está aprendendo. O estudante, Vinícius Brusaque que o diga. “Minha primeira aula, eu deixei o carro morrer algumas vezes, estava meio nervoso porque era de noite, muito diferente”.

A luz dos faróis que bate nos olhos e ofusca, a perda de visão quando a luz cai. Dirigir neste horário é bem diferente que conduzir durante o dia. Isso todo mundo sabe.

A polêmica gira em torno de uma alteração no Código de Trânsito Brasileiro que agora obriga quem quiser tirar a carteira de habilitação a fazer aulas noturnas.

Acompanhamos o jovem dentro do carro da autoescola. O instrutor ensina como usar os faróis. A atenção tem que ser redobrada no escuro. O diretor do Departamento de Medicina do Tráfego, Dirceu Rodrigues Alves Júnior, explica por que.

“Diminui a sua visão periférica, para você cortar, ultrapassar um outro veiculo. Você não tem o dimensionamento perfeito, a sua visão cai em cerca de 50%”.

A nova regra vai entrar em vigor daqui a dois meses e ainda não se sabe se a carga horária vai mudar, mas o Sindicato das Autoescolas já prevê um aumento no custo das aulas.

“Se nós vamos estender o nossos horários de trabalho, se nos vamos ter que ter mais trabalhadores para poder atender essa nova regra, isso logicamente vamos ter que repassar para o usuário”, afirma José Guedes, Presidente do Sindicato.

A mudança divide a opinião dos alunos.

“A visibilidade torna-se restrita. É aquela coisa da pessoa passar rápido em frente do seu carro, de você ter que ter uma freada, de você ter que ter uma habilidade assim de prever o que vai acontecer”, diz a estudante, Stephanie Leal.

“Se eu preciso ter aula de reflexo noturno para entender como é que é, eu teria que ter aula em dia de chuva, em dia de granizo, em dia de nevoeiro e em todas as situações. Porque se aplica para aula da noite, teria que se aplicar para tudo”, acredita a estudante, Melina Valente.
Fonte: Globo

Aula de trânsito noturna começa a valer em maio


Quem for tirar a carteira de habilitação pela primeira vez vai ser obrigado, a partir de maio, a aprender a dirigir também a noite.
As autoescolas ainda esperam a definição sobre o aumento ou não da carga horária e dos custos para os alunos.

Para quem já sabe é tranquilo, mas para quem está aprendendo. O estudante, Vinícius Brusaque que o diga. “Minha primeira aula, eu deixei o carro morrer algumas vezes, estava meio nervoso porque era de noite, muito diferente”.

A luz dos faróis que bate nos olhos e ofusca, a perda de visão quando a luz cai. Dirigir neste horário é bem diferente que conduzir durante o dia. Isso todo mundo sabe.

A polêmica gira em torno de uma alteração no Código de Trânsito Brasileiro que agora obriga quem quiser tirar a carteira de habilitação a fazer aulas noturnas.

Acompanhamos o jovem dentro do carro da autoescola. O instrutor ensina como usar os faróis. A atenção tem que ser redobrada no escuro. O diretor do Departamento de Medicina do Tráfego, Dirceu Rodrigues Alves Júnior, explica por que.

“Diminui a sua visão periférica, para você cortar, ultrapassar um outro veiculo. Você não tem o dimensionamento perfeito, a sua visão cai em cerca de 50%”.

A nova regra vai entrar em vigor daqui a dois meses e ainda não se sabe se a carga horária vai mudar, mas o Sindicato das Autoescolas já prevê um aumento no custo das aulas.

“Se nós vamos estender o nossos horários de trabalho, se nos vamos ter que ter mais trabalhadores para poder atender essa nova regra, isso logicamente vamos ter que repassar para o usuário”, afirma José Guedes, Presidente do Sindicato.

A mudança divide a opinião dos alunos.

“A visibilidade torna-se restrita. É aquela coisa da pessoa passar rápido em frente do seu carro, de você ter que ter uma freada, de você ter que ter uma habilidade assim de prever o que vai acontecer”, diz a estudante, Stephanie Leal.

“Se eu preciso ter aula de reflexo noturno para entender como é que é, eu teria que ter aula em dia de chuva, em dia de granizo, em dia de nevoeiro e em todas as situações. Porque se aplica para aula da noite, teria que se aplicar para tudo”, acredita a estudante, Melina Valente.
Fonte: Globo